Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Noticias

CEPHiMEx - Histórico

Publicado: Sexta, 07 de Abril de 2017, 13h54 | Última atualização em Terça, 04 de Junho de 2019, 17h52 | Acessos: 1384

Principal    Histórico    Missão    Objetivos    Estrutura    Subordinação     Pesquisa     Contatos    

 

 

“Guardião da memória, das tradições e dos valores do Exército Brasileiro”

 

 

O Centro de Estudos e Pesquisa de História Militar do Exército (CEPHiMEx), criado em 31 AGO 10 (Portaria nº 096 – DECEx), teve como base conceitual a Diretriz-Geral do Comandante do Exército, publicada em 9 de maio de 2007, que determinava ao Sistema de Ensino, atual Sistema de Educação e Cultura, a adoção de medidas para incentivar o estudo de assuntos relacionados à História Militar e ao emprego contemporâneo de forças militares, estabelecendo, ainda, que a pesquisa e a divulgação da História Militar do Brasil são objetivos prioritários das atividades culturais no âmbito da Força.

 

O CEPHiMEx recebeu, também, o encargo de dar continuidade à execução do “Projeto História Oral do Exército” (PHOEx), cuja finalidade é promover o registro histórico testemunhal da Força Terrestre, colhendo e registrando declarações de militares e civis que participaram das atividades de maior relevância em que o Exército foi protagonista e que teve início no ano 2000, (Portaria do Comandante do Exército nº 337, de 11 de julho de 2000).

 

O Centro encarrega-se da organização de palestras, seminários e simpósios afetos a História Militar e a áreas e temas afins, desenvolvidos ao longo do ano letivo em espaços institucionais e, também, em Instituições de Ensino Superior do meio acadêmico civil. Participa, ainda, de Encontros Internacionas com países amigos.

 

O corpo de pesquisadores do CEPHiMEx é constituído por profissionais, militares e civis, possuidores dos mais elevados cursos do Sistema de Ensino da Força, bem como graduação e pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) na área de História e áreas afins, além de alguns possuírem, ainda, cursos em Instituições de Ensino do exterior; todos apresentam um significativo número de obras publicadas, e, atuam, também, como palestrantes/conferencistas de instituições civis e militares. 

 

Inicialmente, funcionou, por oito anos, nas instalações do Histórico Palacete Laguna, antiga residência do mordomo do Paço Imperial, Francisco Gomes da Silva, o “Chalaça”. Até que, em Fev de 2019, passou a ocupar parte das instalações do Museu Militar Conde de Linhares (MMCL), localizado no imperial bairro de São Cristóvão.

 

O Centro de Estudos e Pesquisa de História Militar do Exército (CEPHiMEx), criado em 31 AGO 10 (Portaria nº 096 – DECEx), teve como base conceitual a Diretriz-Geral do Comandante do Exército, publicada em 9 de maio de 2007, que determinava ao Sistema de Ensino, atual Sistema de Educação e Cultura, a adoção de medidas para incentivar o estudo de assuntos relacionados à História Militar e ao emprego contemporâneo de forças militares, estabelecendo, ainda, que a pesquisa e a divulgação da História Militar do Brasil são objetivos prioritários das atividades culturais no âmbito da Força.

O CEPHiMEx recebeu, também, o encargo de dar continuidade à execução do “Projeto História Oral do Exército” (PHOEx), cuja finalidade é promover o registro histórico testemunhal da Força Terrestre, colhendo e registrando declarações de militares e civis que participaram das atividades de maior relevância em que o Exército foi protagonista e que teve início no ano 2000, (Portaria do Comandante do Exército nº 337, de 11 de julho de 2000).

O Centro encarrega-se da organização de palestras, seminários e simpósios afetos a História Militar e a áreas e temas afins, desenvolvidos ao longo do ano letivo em espaços institucionais e, também, em Instituições de Ensino Superior do meio acadêmico civil. Participa, ainda, de Encontros Internacionas com países amigos.

O corpo de pesquisadores do CEPHiMEx é constituído por profissionais, militares e civis, possuidores dos mais elevados cursos do Sistema de Ensino da Força, bem como graduação e pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) na área de História e áreas afins, além de alguns possuírem, ainda, cursos em Instituições de Ensino do exterior; todos apresentam um significativo número de obras publicadas, e, atuam, também, como palestrantes/conferencistas de instituições civis e militares. 

Inicialmente, funcionou, por oito anos, nas instalações do Histórico Palacete Laguna, antiga residência do mordomo do Paço Imperial, Francisco Gomes da Silva, o “Chalaça”. Até que, em Fev de 2019, passou a ocupar parte das instalações do Museu Militar Conde de Linhares (MMCL), localizado no imperial bairro de São Cristóvão.

 

 

Sem ttulo 2

Fachada do Palacete Laguna

 

 

No momento, de forma coerente com seu glorioso passado, as belas e tradicionais instalações do MMCL abrigam o CEPHiMEx, guardião do patrimônio cultural imaterial da força terrestre.

fachada mmcl

Museu Militar Conde de Linhares

Fim do conteúdo da página