Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Noticias

Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército participa do ICOFORT Rio 2017 realizado no Centro de Estudos e Pessoal e Forte Duque de Caxias

Publicado: Sexta, 10 de Novembro de 2017, 12h32 | Última atualização em Segunda, 13 de Novembro de 2017, 12h44 | Acessos: 120

     Rio de Janeiro (RJ) - Nos dias 6 a 10 de novembro, aconteceu no Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias (CEP/FDC), o Encontro Internacional de Fortificações e Patrimônio Militar - ICOFORT Rio 2017.

     A cerimônia de abertura contou com a presença do General de Divisão Riyuzo Ikeda, Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército; Senhora Milagros Flores, Presidente do ICOFORT; Senhor Leonardo Castriota, Presidente do ICOMOS BRASIL; Senhora Mônica da Costa, Superintendente Substituta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Rio de Janeiro (IPHAN/RJ), Senhora Cristina Lodi, arquiteta e urbanista do IPHAN/RJ; Senhora Vera Lúcia Mangas da Silva, Representante Regional do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM/RJ); Professor Doutor Roberto Bartholo, e o Coordenador do Laboratório de Tecnologia e Desenvolvimento Social (LTDS), da área de Gestão e Inovação do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção - PEP da COPPE/UFRJ.

   Ao longo desses dias, o Encontro promoveu um intercâmbio de ideias e experiências entre estudantes e profissionais renomados da área de patrimônio cultural, por meio de palestras e oficinas sobre os temas relativos as fortificações brasileiras e internacionais.

     O ICOFORT, Comitê Científico Internacional sobre Fortificações e patrimônio Militar (Internacional Meeting os Fortications and Military Heritage), é um comitê do ICOMOS (International Council on Monumentes and sites), órgão consultivo da UNESCO responsável pela avaliação das propostas de inscrição dos bens culturais na Lista do Patrimônio Mundial. Esse comitê tem como atribuição pesquisar, promover intercâmbio profissional e fomentar a cooperação internacional para a identificação, proteção e preservação das estruturas, fortificações, paisagens e instalações ligadas à memória das Nações e das transformações socioeconômicas geradas pelos momentos históricos de caráter militar.

     O encontro é realizado a cada ano em vários países para discutir temas de relevância e interagir com as experiências locais do país anfitrião, além de participar como parceiro e apoiador em diversos eventos. Já realizou encontros na Espanha (2007), Polônia (2007), Canadá (2008), Puerto Rico and US Virgin Islands/St. Thomas, St. Croix and St. John, Caribe (2010), Itália (2012), Cuba (2013), Turquia (2013), Índia (2015), México (2015) e Uruguay (2016). Em cada ocasião, especialistas de diversos países contribuem com instituições e pesquisadores locais na busca por soluções, viabilizam parcerias internacionais em projetos e passam a difundir pelo mundo as discussões realizadas e as boas práticas encontradas no país que sedia o evento.

 

 

 

            

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página