Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Noticias

DPHCEx comemora o 7º aniversário de instalação do CEPHiMEx

Publicado: Quinta, 30 de Novembro de 2017, 16h14 | Última atualização em Quinta, 30 de Novembro de 2017, 16h58 | Acessos: 49

    Rio de Janeiro (RJ) – A Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEx), comemorou, no dia 30 de novembro, o 7º Aniversário de Instalação do Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército (CEPHiMEx). O evento foi realizado no Espaço Cultural Palacete Laguna, no bairro de São Cristovão.

    O CEPHiMEx, criado em 31 de agosto de 2010, através da Portaria nº 096 – DECEx, teve como base conceitual a Diretriz-Geral do Comandante do Exército, publicada em 9 de maio de 2007, que determinava ao Sistema de Ensino, atual Sistema de Educação e Cultura, a adoção de medidas para incentivar o estudo de assuntos relacionados à História Militar e ao emprego contemporâneo de forças militares, estabelecendo, ainda, que a pesquisa e a divulgação da História Militar do Brasil são objetivos prioritários das atividades culturais no âmbito da Força.

    O Centro ocupa atualmente as instalações do Palacete Laguna, local que serviu como residência para o mordomo do Paço Imperial, Francisco Gomes da Silva, o “CHALAÇA”. Os terrenos integravam a Quinta da Boa Vista, havendo registros de que as suas instalações eram freqüentadas rotineiramente pelo Imperador D. Pedro I. A casa foi palco de reuniões históricas, como a da preparação para o episódio da Maioridade de D. Pedro II, em 1840. Já em 1953, recebeu a denominação de “Palacete Laguna”, com intuito de homenagear os brasileiros mortos na Retirada da Laguna, durante a Guerra da Tríplice Aliança.

    A comemoração contou com a presença de diversas autoridades militares e público civil, dentre as quais destacam-se: Vice-Almirante R/1 Armando de Senna Bittencourt, Assessor Especial do Comandante da Marinha e antigo Diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha; Major Brigadeiro-do-Ar Wilmar Terroso Freitas, Subdiretor de Divulgação do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER); General de Brigada R/1 Marcio Tadeu Bettega Bergo, Chefe do Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército; General de Brigada R/1 Walter Nilton Pina Stoffel, Gerente do Programa Estratégico do Exército do Sistema de Educação e Cultura e antigo Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército.

    Na ocasião, foi realizada a entrega da Medalha e Diploma Comemorativos ao Sesquicentenário da Guerra da Tríplice Aliança. Dentre os agraciados estão: o Vice Almirante R/1 Armando de Senna Bittencourt, Assessor Especial do Comandante da Marinha e antigo Diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha; o Cel Julio Teodorico Nascimento Netto, Diretor do Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana (MHEx/FC); o Cel Alexandre Moreno dos Santos, Diretor da Biblioteca do Exército (BIBLIEx); o Cel Alexandre Ricardo Santos dos Quadros, Diretor do Arquivo Histórico do Exército (AHEx); o Ten Cel Marco Aurélio Gonçalves do Nascimento, Gerente do Escritório Regional da FHE/POUPEx; o Ten Cel Marco Antônio de Lima, representando o General de Brigada Richard Fernandez Nunes, Comandante da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército; e o Prof. Dr. Adler Romero Fonseca de Castro, Pesquisador da Fundação Cultural Exército Brasileiro e Pesquisador Associado do Centro de Pesquisa de História Militar do Exército.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página