Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Noticias

Reconhecimento de sítios históricos da FEB na Itália

Publicado: Quinta, 13 de Fevereiro de 2020, 18h50 | Última atualização em Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 14h23 | Acessos: 29

Alto Reno Terme (ITA) – A localidade de Comune Porretta Terme foi sede do Posto de Comando do Marechal Mascarenhas de Moraes em 1945, inicialmente no Hotel Roma, que foi alvejado pela artilharia alemã; mais tarde o PC foi deslocado para a construção bege ao fundo, colada na elevação. No dia 26 de abril será inaugurado o busto do Marechal na rua que liga os dois locais que foram Postos de Comando.

 

 

 

Na saída da Comune Porretta Terme está a Ponte de Silla. Passagem obrigatória para o apoio logístico. Era destruída pelos tiros amarrados da artilharia alemã de dia e reconstruída à noite para passagem dos comboios logísticos.

 

 

Monumento Liberazione, localizado na cidade de Gaggio Montano, em homeagem aos brasileiros da FEB, situado nos arredores do Monte Castello.

 

 

Estrada 64, corredor viário com destino a Bolonha, de onde partiu a tropa para o ataque final para a tomada de Monte Castelo.

 

 

Na localidade de Bombiana, Monumento ao Frei Orlando, nome religioso do Capitão Antônio Álvares da Silva, Capelão Militar que morreu em 20 de fevereiro de 1945, quando prestava assistência religiosa aos militares da FEB, vitimado por um tiro acidental de um partisan (membro da resistência italiana).

 

 

Abetaia (ITA) – Monumento em homenagem aos 17 de Abetaia: 17 militares do 1º e 11º Regimentos de Infantaria, que realizavam patrulha preparatória para o ataque a Monte Castello, foram supreendidos por uma rajada e pereceram nesse local no dia 12 de novembro de 1944. Seus corpos, conservados pela neve, foram encontrados após o ataque a Monte Castello em 21 de fevereiro de 1945. A senhora Franca Malossi presenciou, aos 8 anos de idade, a morte dos 17 de Abetaia.

 

 

 

Peças da sala da FEB, no Museu de Iola de Montese, onde encontra-se o acervo Memórias da Itália, com uma série de coleções sobre a 2ª Guerra Mundial.

 

 

Presentes recebidos do Sr Giovanni Sulla, colecionador do material da FEB. Crucifixo com estilhaços de granada encontrados em Montese, vinhos personalizados e o seu último livro, “Irmãos da Montanha”.

 

 Créditos: Gen Paulo Afonso

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página